Melhor creme de mãos por 1.50€

Com o frio as nossas mãos ressentem-se mais. A pele fica mais seca e o desconforto é maior, por isso se não queremos que fiquem ásperas como uns cactos, o creme de mãos torna-se um essencial indispensável a ter por perto! Num creme de mãos procuro que este seja rapidamente absorvido, não seja pegajoso, tenha […]

Ler Artigo

Com o frio as nossas mãos ressentem-se mais. A pele fica mais seca e o desconforto é maior, por isso se não queremos que fiquem ásperas como uns cactos, o creme de mãos torna-se um essencial indispensável a ter por perto!

Num creme de mãos procuro que este seja rapidamente absorvido, não seja pegajoso, tenha um aroma agradável e que tenha uma acção mais prolongada. Eu sei que parecem requisitos básicos, mas nem todos os cremes de mãos os cumprem. Certamente já te cruzaste com alguns que ou são pegajosos, ou o aroma é demasiado forte, ou até com aqueles que passados cinco minutos parece que não colocámos creme algum nas mãos!

O creme de mãos da marca Cien com extracto de camomila além de cumprir todos os requisitos tem ainda um preço extremamente baixo! Custa à volta de 1.50€!

Não sou só eu que sou fã dele cá em casa, o meu namorado também o usa e não quer outro! Não adianta eu colocar-lhe outros cremes à frente que precisam ser gastos, que ele só quer o do Lidl.

Além do extracto de camomila ele conta também com pantenol, alantoina e bisabolol.

Recomendo sem dúvida a experimentares e tenho a certeza que não te vais arrepender!

Dicas para os Saldos! – Para os aproveitares a 100%

Já estamos em período de saldos há umas três semanas, mas como ainda falta pelo menos o mesmo tempo para terminarem, hoje trago-te algumas dicas para os saldos! Os saldos começam cada vez mais cedo e não nos vamos esquecer que o Inverno começou há menos de um mês, por isso o provável é que […]

Ler Artigo

Já estamos em período de saldos há umas três semanas, mas como ainda falta pelo menos o mesmo tempo para terminarem, hoje trago-te algumas dicas para os saldos!

Os saldos começam cada vez mais cedo e não nos vamos esquecer que o Inverno começou há menos de um mês, por isso o provável é que ainda irás dar muito uso às peças da “estação anterior” que agora consegues comprar muito mais baratas!

Dicas para os Saldos

1 – Analisa o teu roupeiro. Faz uma lista do que precisas e dá prioridade a isso.

2 – Dá uma vista de olhos nas tendências da próxima estação, como cada vez mais há tendências que continuam de uma estação para a outra, bem como as lojas costumam colocar sobras de saldos anteriores, conseguimos muitas vezes adquirir peças a excelentes preços que parecem que são da coleção nova!

3 – Os saldos são uma excelente altura para adquirir aquela “peça tendência” a um preço baixo. Há coisas que sabemos que se irão continuar a usar, outras nem tanto, por isso não queremos gastar muito dinheiro numa peça que no próximo ano estará fora de moda não é? Também é uma ótima altura para comprar aquela peça mais original, que sabemos de antemão que não vamos usar tão regularmente.

4 – Estipula um budget e guarda algum para o final dos saldos. Mais para o final conseguem-se verdadeiros achados ao preço da chuva. Contudo aquelas peças que estejas mesmo a precisar, compra no início.

5 – Dá uma vista de olhos nos sites das lojas, assim vais só às que te interessam!

6 – Se tiveres disponibilidade vai mais do que uma vez e vai a várias lojas. Eu costumo dar uma vista de olhos todos os fins-de-semana naquelas lojas que tenho maior interesse. Há peças que vão sendo colocadas nas lojas que não estavam logo no início, bem como os preços vão baixando.

7 – Aproveita para comprar roupa interior de melhor qualidade. É certo que a Primark tem umas coisas jeitosas, mas a roupa não dura tanto tempo impecável como a da Intimissimi ou Tezenis por exemplo.

Dicas sobre as lojas:

– Quem precisar de T-shirts a Lefties tem imensas a 2€! O preço original era 9€ / 12€.

– As camisolas básicas de gola alta estão atualmente a 6€, o preço original era a 8€, pela minha experiência de anos anteriores ainda vão baixar mais e nas lojas onde fui tinham imensas, por isso não comprei nenhuma ainda.

– Casaco de pelo em roxo e azul esverdeado a 6€, o preço original era 20€. Este é um exemplo daquelas peças que sabemos que não vamos usar muito regularmente, mas que dá jeito ter quando queremos um look mais arrojado.

– Além das citadas acima que são lojas especialistas nisso, a roupa interior da H&M costuma ser bastante boa, tenho alguma há anos que adquiri em saldos e que continua impecável!

Blog Planner 2018 #2

A semana passada coloquei aqui no blog um “Blog Planner” com ficheiros para download, contudo não estava 100% satisfeita com o seu design e resolvi efectuar algumas melhorias! Como usar as páginas: Estatísticas: Todos os meses deves actualizar as tuas estatísticas mensais de cada rede que utilizares. Tarefas: Ser criador de conteúdo digital é mais do […]

Ler Artigo

A semana passada coloquei aqui no blog um “Blog Planner” com ficheiros para download, contudo não estava 100% satisfeita com o seu design e resolvi efectuar algumas melhorias!

Como usar as páginas:

Estatísticas: Todos os meses deves actualizar as tuas estatísticas mensais de cada rede que utilizares.

Tarefas: Ser criador de conteúdo digital é mais do que escrever as postagens, há imensas tarefas a desempenhar, desde tirar fotos, editar, responder a comentários etc, sabendo todas as tarefas que tens de fazer é mais fácil organizares o teu trabalho!

Ideias de postagens/videos/newsletter: Nestas páginas anotas todas as ideias que tenhas de postagens, conforme começares a trabalhar as mesmas, usa a secção das notas para anotar o que precisas fazer e vai riscando o que já esteja feito. Podes também usar post-its caso necessites de mais espaço para escrever.

Estratégia de conteúdo: Quantos post/videos irás colocar? Que temáticas queres abordar nesse mês? Tudo isso faz parte da estratégia de conteúdo.

Estratégia de crescimento: Além da criação de conteúdo regular, o que mais irás fazer para ajudar a crescer o teu numero de seguidores? Comentar mais noutros blogs, sorteios, participar em grupos e foruns são alguns dos exemplos.

Planeamento Mensal: Ele serve para estipulares que postagem vais colocar em que dia, assim sabes que necessitas de criar o conteúdo X até à data Y. Uma dica que dou é, mesmo que não tenhas ainda a ideia certa do post em concreto, numa folha coloca todas as categorias de postagens que podes fazer, por exemplo review, dicas etc e vai “espalhando” as mesmas pelo calendário. Depois quando tiveres ideias concretas acrescentas lá. Assim é mais fácil ter ideias bem como não repetir o tipo de conteúdo. Esta página é a única em tamanho A4 para poderes ter mais espaço para escrever. A mesma é para ser usada dobrada.

Quanto ao calendário mensal eu fiz só um sem indicação de mês e dos dias, têm apenas as semanas, depois quem quiser coloca lá o mês e os dias, pois eu prefiro usar para esse fim o calendário do google, porque sempre posso fazer alterações, sem ter de andar a riscar quando tenho de fazer alguma alteração quanto ao dia de determinada postagem.

Planeamento Semanal: Ter um dia fixo para as tarefas do blog, ajuda a criar rotina e a não deixar trabalhos por fazer, por isso coloca num papel todas as tarefas inerentes ao blog e distribui por cada dia da semana! Podes ir imprimindo mais folhas consoante tenhas de alterar alguma rotina.

Planeamento Horário: Serve para decidir quando publicar em cada rede social, há que diga que ter um horário fixo de publicações é melhor. Por isso basta escolheres a hora e dias da semana que fazes cada publicação. Por exemplo: publicação no blog segunda a sexta às 10h. Publicação no Facebook segunda a sexta às 12h…

As restantes páginas são bem simples e creio que não necessitam de explicações 🙂

Espero que gostes e qualquer duvida deixa nos comentários 🙂

Clica para download

Essenciais para fazer exercício em casa

Início do ano é sempre acompanhado de novas resoluções, duas delas costumam ser a prática de exercício físico e as dietas. Não foi resolução minha, porque já há uns meses que comecei a mudar alguns hábitos e a praticar mais exercício, contudo com as festas perdi o ritmo e foi hora de recomeçar. Assim sendo […]

Ler Artigo

Início do ano é sempre acompanhado de novas resoluções, duas delas costumam ser a prática de exercício físico e as dietas.

Não foi resolução minha, porque já há uns meses que comecei a mudar alguns hábitos e a praticar mais exercício, contudo com as festas perdi o ritmo e foi hora de recomeçar.

Assim sendo achei que seria boa ideia partilhar aqui contigo os essenciais para praticar exercício em casa.

1 – Tapete para exercício, encontras facilmente à venda em qualquer loja de desporto.

2 – Roupa e calçado adequado. Mesmo fazendo o exercício em casa é muito importante que estes sejam adequados. Não esquecer de um sutiem próprio para desporto para garantir maior conforto. Deixo algumas sugestões abaixo, para mais informações clica em cada imagem.

3 – Halteres e tornozeleiras com pesos acaba por ser opcional, inicialmente podes fazer vários exercícios usando o próprio peso do corpo. Só agora comecei a usar as tornozeleiras, no caso dos braços vou continuar a trabalhar com o peso do corpo. Caso pretendas usar estes acessórios deves ter cuidado com o peso. Começa com pesos mais baixos.

4 – Um app de exercícios, uma das dificuldades que tinha era não saber o que fazer e como fazer. Para me ajudar uso uma app, a “Boa forma 30 dias”, que na minha opinião está excelente (não estou a ser patrocinada por eles). Podes escolher se queres exercício para corpo inteiro, se queres só trabalhar braços etc tens vários níveis e a cada dia vai aumentando a dificuldade. Cada exercício tem também um link para um vídeo no Youtube caso não saibas como fazer o mesmo!

5 – Tem junto a ti uma garrafa de água e uma toalha turca.

6 – Disciplina! Cria um hábito de sempre no mesmo horário fazer exercício. Fazer hoje de manhã e amanhã fazer à tarde, não é o melhor para criar a rotina, contudo claro que mais vale fazer mesmo que em horários diferentes do que não fazer! Mas se possível tanta ao máximo que seja sempre à mesma hora!

Espero que tenhas gostado das dicas 🙂

Blog Planner 2018

Como sei que muitas das minhas leitoras também elas têm blog, este ano tenho aqui para vocês um blog planner, para vos ajudar a manter o trabalho com os blogs sempre organizado! Fiz o mesmo em preto e branco, para assim ser mais barata a impressão. Quem quiser decorar pode sempre fazê-lo com as washi […]

Ler Artigo

Como sei que muitas das minhas leitoras também elas têm blog, este ano tenho aqui para vocês um blog planner, para vos ajudar a manter o trabalho com os blogs sempre organizado!

Fiz o mesmo em preto e branco, para assim ser mais barata a impressão. Quem quiser decorar pode sempre fazê-lo com as washi tapes ou outros autocolantes 🙂

O mesmo está feito em tamanho A5, todas as folhas têm um rebordo cinza claro para poderes recordar facilmente com uma guilhotina ou régua e x-acto. Não organizei as folhas duas a duas, porque as impressoras domésticas imprimem sempre com uma margem, logo ou ficariam com uma das “folhas” cortadas ou iria reduzir ambas para caberem na impressão.

Tentei que o planner fosse simples em alguns parâmetros, que pela minha experiência é desnecessário especificar em demasia (tais como as folhas para as postagens do blog, acho que basta anotar a ideia / titulo e nas notas colocar o que falta fazer e ir riscando, não há necessidade de 50 coisas para assinalar tais como se já tem tags, se tem imagens etc etc) e assim acabamos por não precisar usar tantas folhas para as postagens. Contudo no que toca às estatísticas não me limitei as redes sociais/seguidores, fui mais a fundo no que toca ao engajamento porque ele é cada vez mais importante!

Como usar as páginas:

Estatísticas: Todos os meses deves actualizar as tuas estatísticas mensais de cada rede que utilizares.

Ideias de postagens/videos/newsletter: Nestas páginas anotas todas as ideias que tenhas de postagens, conforme começares a trabalhar as mesmas, usa a secção das notas para anotar o que precisas fazer e vai riscando o que já esteja feito. Podes também usar post-its caso necessites de mais espaço para escrever.

Planeamento Mensal: Ele serve para estipulares que postagem vais colocar em que dia, assim sabes que necessitas de criar o conteúdo X até à data Y. Uma dica que dou é, mesmo que não tenhas ainda a ideia certa do post em concreto, numa folha coloca todas as categorias de postagens que podes fazer, por exemplo review, dicas etc e vai “espalhando” as mesmas pelo calendário. Depois quando tiveres ideias concretas acrescentas lá. Assim é mais fácil ter ideias bem como não repetir o tipo de conteúdo.

Quanto ao calendário mensal eu fiz só um sem indicação de mês e dos dias, têm apenas as semanas, depois quem quiser coloca lá o mês e os dias, pois eu prefiro usar para esse fim o calendário do google, porque sempre posso fazer alterações, sem ter de andar a riscar quando tenho de fazer alguma alteração quanto ao dia de determinada postagem.

Planeamento Semanal: Ter um dia fixo para as tarefas do blog, ajuda a criar rotina e a não deixar trabalhos por fazer, por isso coloca num papel todas as tarefas inerentes ao blog e distribui por cada dia da semana! Podes ir imprimindo mais folhas consoante tenhas de alterar alguma rotina.

Planeamento Horário: Serve para decidir quando publicar em cada rede social, há que diga que ter um horário fixo de publicações é melhor. Por isso basta escolheres a hora e dias da semana que fazes cada publicação. Por exemplo: publicação no blog segunda a sexta às 10h. Publicação no Facebook segunda a sexta às 12h…

As restantes páginas são bem simples e creio que não necessitam de explicações 🙂

Espero que gostes e qualquer duvida deixa nos comentários 🙂

Clica para download