A gatinha Snow

Hoje é dia do animal, mas mais do que isso faz hoje um mês que o meu namorado salvou uma gatinha bebé.

Ele trabalha numa escola e ao olhar por um das janelas viu um gatinho bebé deitado no chão. Andam por lá gatos vadios que são alimentados por pessoas da zona e que volta não voltam têm ninhadas. Como não lhe parecia que o animalzinho estivesse bem foi lá ver de perto. Deve ter caído de um telhado próximo, pois estava bastante mal, quase não abria os olhos, tinha sangue perto da boca, estava com a temperatura baixa e uma pata magoada. Ele procurou logo no Google um veterinário próximo e lá foi com o bichinho, que na altura não sabia se era macho ou fêmea. Fizeram um raio X e viram que tinha traumatismo craniano e uma manchinha num pulmão, disseram que o mais provável era ela não sobreviver, ao que ele disse “façam tudo que for possível para a salvar”. Pagou na altura 67€ de consulta e raio X e teve de deixar 100€ de caução. Felizmente tinha esse valor disponível, infelizmente muita gente não tem o que torna mais difícil a missão de ajudar os animais de rua.

Ficamos os dois ansiosos pelo dia seguinte para saber se teria sobrevivido à primeira noite. No dia seguinte ele foi visita-la na hora de almoço e ela estava melhor, e cada vez melhor, até que teve alta no quarto dia. Lá fomos buscar aquela pequena bolinha de pêlo branca com uns olhinhos lindos azuis. Tivemos ainda de ir durante mais quatro dias com ela à clinica para ser medicada e todos os veterinários com que nos cruzamos só diziam que foi um milagre ela ter sobrevivido.

Como não somos propriamente abastados e fazendo as contas a tudo batia quase nos 200€, acabei por colocar à venda na página do blog alguns produtos dos que recebo, para tentar tapar esse buraco, por isso aproveito para agradecer a todas as pessoas que compraram produtos para ajudar. Acabei por não colocar lá mais, como tinha dito que faria, porque alguns colegas do Helder também contribuíram.

Ela poderia ter morrido, sozinha e em sofrimento, teve sorte que houve alguém que a viu que não ficou indiferente, outros não têm essa sorte…As instituições fazem o melhor que podem, mas infelizmente não têm recursos para acudir a todos os que necessitam de ajuda. Por isso tenho alguns apelos a fazer…esterilizem os vossos animais (podem ler aqui os vários motivos pelos quais o devem fazer). Adotem em vez de comprar, há imensos animais nas instituições a precisar de um lar e quando se ama, não se olha a raça. Tentem ajudar as instituições da forma que puderem, nem que seja doando ração, mesmo que seja a ração mais barata e o saco mais pequeno, já é uma ajuda!

Infelizmente não podemos ficar com ela, porque de momento não temos condições para ter mais do que dois gatos, mas irá amanhã para a sua nova família, onde terá um mano gato em quem poderá mandar, sim, porque ela aqui já é a rainha da casa!

Aproveito para partilhar uma campanha do Lidl (não fui paga para tal, estou a fazê-lo em prol dos amiguinhos de 4 patas)

Sob o mote “Cãopartilha”, o Lidl Portugal, com a sua marca exclusiva de ração Orlando, desafia os seguidores no Facebook a partilharem a história do seu amigo de 4 patas adotado, revelando como se conheceram e como ele mudou a sua vida.

As histórias mais originais, que poderão ser “cãopartilhadas” até ao dia 30 de outubro e devem ser acompanhadas de uma foto do animal, serão publicadas na página de Facebook do Lidl Portugal e, por cada partilha solidária que tenham o Lidl doará uma refeição (cerca de 150g de ração) aos patudos de uma associação nomeada pelo autor da história.

Mais informação em: www.lidl.pt/caopartilha

1 comentário, deixa também o teu!

  1. Vanessa diz:

    Um gesto muito bonito do teu namorado, aposto que te encheu de orgulho ahahah 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *